Artigo Toque Terapeutico1

Toque Terapêutico – como a energia das mãos pode curar

O Toque Terapêutico é uma técnica de imposição de mãos que visa harmonizar o campo de energia dos seres vivos. Os princípios que sustentam esta teoria baseiam-se na concepção de que o ser humano possui um campo de energia que pode estender-se além da pele, é abundante e flui em determinados padrões que se pretendem ser equilibrados.

A Técnica foi desenvolvida e aplicada primeiramente nos E.U.A, 1972, pelas mãos da enfermeira Dolores Krieger e da terapeuta Dora Kunz. Segundo elas, a energia produzida pelo nosso corpo é concentrada em nossas mãos e pode ajudar a curar.

A pessoa que aplica o toque terapêutico entra em um estado meditativo objetivando a cura do assistido. Com compaixão e motivação o curador foca o desejo de ajudar e até mesmo curar o indivíduo. Esta vontade é parte importante neste processo. O campo de energia individual é acessado e a troca de energia acontece entre curador e assistido. As mãos agem como um instrumento que captam através da sensibilidade e da intuição áreas que possam estar em desequilíbrio.

O toque terapêutico consiste num “toque sem toque”. As mãos do terapeuta percorrem o campo energético da pessoa cerca de 6 a 12 cm de distância da pele.

As etapas do Toque Terapêutico são 4:

  • Centrar/concentrar: concentra-se a atenção e a sensibilidade nas mãos para utilizá-las conscientemente a fim de determinar o diagnóstico do campo energético do assistido. Esta primeira etapa exige disciplina e autocontrole por parte do terapeuta. Qualquer dispersão pode resultar em perda de energia do terapeuta.
  • Diagnóstico do campo energético: percorre-se o campo energético da pessoa em sua superfície, palpando-o com as mãos no sentido crânio-caudal. Procura-se com isso perceber se o campo está normal, harmônico e sem alterações de qualquer natureza.
  • Tratamento e modulação do campo energético: consiste em re-padronizar as áreas de déficit e alterá-las através do alisamento do campo energético com movimentos suaves e ou firmes das mãos.
  • Avaliação: avalia-se todo o campo energético do assistido para comparar o resultado final com o que foi detectado no início da sessão e perceber se as alterações encontradas foram corrigidas.

Estudos comprovados clinicamente mostram que o toque terapêutico: produz relaxamento muscular, diminuição da intensidade da dor, menor tempo na cicatrização de feridas, diminuição da ansiedade e do stress.

por Lucilene Soares – Professora Enfermeira e Terapeuta Holística / COREN: 96.086 e CRTH – BR 0639

Comentários