Workshop: Constelação Familiar

Objetivo:  
Apresentar os conceitos de Constelação Familiares Segundo Bert Hellinger através dos Eventos Sobre Constelações Familiares

Público:
Profissionais em Geral e Pessoas Interessadas

Metodologia:
Eventos Sobre Constelações Familiares

Material Didático:
Texto de Apoio

Facilitadores:
Carlos Aníbal e Maria de Fátima Estimado Corga – Psicóloga - CRP 13521/06

  • Próxima Turma: Sob Consulta
  • Carga Horária: 04 Horas
  • Local: Rua Berta, 29 - Metrô Santa Cruz - São Paulo - SP - Tel. (11) 5083-1590/3804-9552
  • Investimentos:  Sob Consulta

Faça sua reserva para a próxima turma!

Conteúdo Programático:

Introdução Tema Constelações Familiares Segundo Bert Hellinger
• Constelação Familiar é um método eficaz e poderoso, para reconhecer emaranhamentos na vida familiar do ser humano, trazendo relaxamento e compreensão nas situações problemáticas vivenciadas na família. Isso permite que o amor flua novamente entre os membros do Sistema Familiar
• A Terapia Sistêmica Fenomenológica foi criada pelo Terapeuta alemão Bert Hellinger. Seu trabalho mostra como forças entranhadas profundamente no Sistema Familiar podem ser redirecionadas para o equilíbrio, quando membros desse sistema são reconhecidos, respeitados e colocados no seu devido lugar

Terapia Breve Através das Constelações Familiares
O Trabalho com as Constelações Familiares - O procedimento fenomenológico possibilita e requer pode ser experimentado e descrito de modo especialmente marcante através do trabalho com as constelações familiares. Pois a colocação da constelação familiar é, por um lado, o resultado de um caminho do conhecimento fenomenológico e, por outro lado, o procedimento fenomenológico obtém resultado, quando se trata do essencial, apenas através da contenção e confiança na experiência e compreensão por ele possibilitadas
O Cliente - O que acontece quando um cliente coloca a sua família na psicoterapia? Em primeiro lugar, escolhe entre as pessoas de um grupo, representantes para os membros de sua família. Portanto, para o pai, para a mãe, para os irmãos e para si mesmo, não importando quem ele escolhe para representar os diversos membros de sua família. Na verdade, é melhor ainda se escolher os representantes independentemente de aparências externas e sem uma determinada intenção. Isto já é o primeiro passo em direção a uma contenção e uma renúncia à intenções e velhas imagens.
Os Representantes - Exige-se também dos representantes uma contenção interna de suas próprias idéias, intenções e medo. Isso significa que eles devem observar exatamente as mudanças que se manifestam em seu estado corporal e seus sentimentos enquanto são colocados. Por exemplo, que o coração bate mais depressa, que querem olhar para o chão, que se sentem repentinamente pesados ou leves, ou estão com raiva ou tristes. É também de grande ajuda quando prestam atenção às imagens que emergem e que ouçam os sons e palavras que afloram.
O Terapeuta - O terapeuta precisa também se libertar de suas intenções e imagens a fim de que a colocação de uma constelação familiar tenha êxito. Na medida em que se contém e se expõe centrado à constelação, reconhece imediatamente se o cliente quer influenciá-lo através de imagens preconcebidas ou esquivar-se daquilo que começa a se mostrar. Então ele ajuda-o a se centrar e o conduz a um estado de disposição para que se exponha ao que está acontecendo. Se isso não for possível, pára com a colocação.

Vivência
• Participação dos Eventos Sobre Constelações Familiares